Proposta em tramitação na Assembleia define a Campanha de Doação de Sangue para Animais no Ceará

A Assembleia Legislativa do Ceará começa a analisar nesta quarta-feira (17) Projeto de Lei de autoria do deputado Evandro Leitão (PDT) que institui a Campanha de Doação de Sangue para Animais no Ceará. De acordo com a proposta, os animais podem passar por situações delicadas em que a transfusão de sangue pode tornar-se medida decisiva.

Obedecendo-se aos critérios clínicos estabelecidos pela Medicina Veterinária, o animal doador de sangue pode colaborar com muitos outros que venham a precisar de 1 de 2 sangue. Deste modo, é necessário que haja bancos de sangue veterinários para doação segura bem como que se promova a conscientização dos tutores sobre a possibilidade e importância da doação de sangue animal.

O sangue recolhido dos animais é destinado para outros pets vítimas de câncer, atropelamento, doenças transmitidas pelo carrapato, dentre outras. A transfusão é uma das esperanças para conseguirem sobreviver. É importante destacar que a tipagem de sangue é diferente. Exemplo disso é que os cães não podem receber a transfusão de gatos, uma vez que os felinos possuem 03 (três) tipos diferentes de sangue e, os caninos, têm até 13 tipos sanguíneos.

Além disso, para doar, os pets devem atender a pré-requisitos que visam checar as boas condições do animal, sendo preciso, ainda verificar o limite de idade e o peso, tudo isso para garantir a segurança do doador e do receptor do sangue.

A Campanha de Doação de Sangue para Animais, abrange essas duas necessidades em suas diretrizes, tendo por principal finalidade o salvamento de vidas. Assim, cabe ao Poder Legislativo Estadual instituir a presente Campanha, como forma de política publica a ser implementada para estimular a conscientização e instrumentalizar a doação segura de sangue animal.

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Leia também

Fale com a redação