Presidente do Movimento Pardo-Mestiço critica resultados do Censo 2022 na CPI das ONGs — Senado Notícias

[ad_1]

A pedido do senador Plínio Valério (PSDB-AM), por meio do requerimento (REQ 110/2023), a CPI das ONGs ouviu o depoimento da presidente do Movimento Pardo-Mestiço Brasileiro, Helderli Fideliz Castro de Sá Leão Alves, que também preside o Conselho Municipal de Direitos Humanos de Manaus (AM). Helderli denunciou que o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) está transformando mestiços em indígenas nas estatísticas e que a Fundação Nacional dos Povos Indígenas (Funai) quer criar terras indígenas onde já há território do povo mestiço reconhecido por lei.

[ad_2]

Com Agência Senado

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Leia também

Fale com a redação