Deputado defende permanência de fisioterapeuta a cada 10 leitos nas Unidades ou Centros de Terapia Intensiva do Ceará

Parlamentar afirma que foi procurado pelo Conselho Regional de Fisioterapeutas e Terapeutas Ocupacionais.

O deputado Marcos Sobreira (PDT) apresentou Projeto de Indicação defendendo a permanência de um profissional fisioterapeuta, a cada 10 leitos, nas Unidades ou Centros de Terapia Intensiva (CTI), adulto, pediátrico e neonatal de hospitais e clínicas particulares. O parlamentar afirma que foi procurado pelo Conselho Regional de Fisioterapeutas e Terapeutas Ocupacionais.

“Inegavelmente, a ausência de um fisioterapeuta em período de instabilidade, intercorrência ou admissão de paciente crítico compromete a qualidade da assistência prestada, demandando, assim, presença de fisioterapeuta em tempo integral, ou seja, vinte e quatro horas por dia. Inúmeros estudos realizados demonstram que a presença do fisioterapeuta nas UTIS e CTIS em regime integral (vinte quarto horas) é crucial quando atrelada à redução do tempo de ventilação mecânica, permanência do paciente no CTI e de internação hospitalar, além da redução dos custos hospitalares”, justificou o parlamentar.

Confira o vídeo abaixo:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Leia também

Fale com a redação