Comissão aprova selo para identificar cafés produzidos por método artesanal – Notícias

[ad_1]

03/01/2024 – 10:39  

Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados

A relatora da proposta, deputada Ana Paula Leão

A Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Câmara dos Deputados aprovou projeto de lei que cria o selo Arte Café para identificar o modo artesanal de produção e processamento dos grãos.

Segundo o texto, caberá aos municípios estabelecer em regulamento os procedimentos para o registro dos produtores e as exigências para a concessão do selo, além da responsabilidade pela classificação e fiscalização do produto. Não havendo regulamento municipal específico, será observada a norma estadual.

O texto aprovado foi o substitutivo da relatora, deputada Ana Paula Leão (PP-MG), ao Projeto de Lei 1454/23, do deputado Evair Vieira de Melo (PP-ES).

“O projeto de lei promove e protege a produção artesanal de café no Brasil, em favor da preservação histórico-cultural, do desenvolvimento econômico regional e da valorização dos produtos locais”, disse a relatora.

Objetivos
O selo, de acordo com o texto, tem como objetivos:

  • estimular o beneficiamento, o processamento e a oferta de cafés artesanais pelo produtor rural;
  • valorizar a identidade da produção com uso de técnicas tradicionais e regionais;
  • agregar valor ao produto;
  • aumentar a geração de renda na atividade;
  • promover o desenvolvimento do mercado de cafés artesanais.

O autor do projeto argumenta que o sistema produtivo do café artesanal exige do produtor rural meticulosa e incessante busca por qualidade em todas as etapas de produção – do plantio à colheita, à torra e à moagem – e criteriosa seleção dos grãos para a obtenção de bebida.

Tramitação
O projeto tramita em caráter conclusivo e será ainda analisado pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ).

Reportagem – Murilo Souza
Edição – Marcia Becker

[ad_2]

Com informações Agência Câmara

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Leia também

Fale com a redação