Assembleia do Ceará sai na frente e começa debate nacional da Reforma do Ensino Médio

Portaria do Ministério da Educação suspendeu implementação das mudanças por 60 dias

A Assembleia Legislativa do Ceará realizou audiência publica na tarde desta segunda-feira (24) para discutir a proposta de reforma do Ensino Médio. A mudança foi aprovada em 2017, ainda no governo do ex-presidente Michel Temer, e alterou as Diretrizes e Bases da Educação Nacional, estabelecendo mudanças na estrutura do ensino.

No início deste mês uma portaria assinada pelo ministro da Educação, Camilo Santana, suspendeu a implementação das mudanças por 60 dias. Segundo o ministro, não houve um debate aprofundado sobre a implementação do Novo Ensino Médio.

Daniel Cara
Daniel Cara – Coordenador geral da Campanha Nacional pelo Direito à Educação

Entre os convidados o professor da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (USP), Coordenador geral da Campanha Nacional pelo Direito à Educação, Daniel Cara. Segundo ele, a reforma do Ensino Médio aumenta as desigualdades educacionais, e considerou a mudança impossível ser implantada diante de todas as questões enfrentadas no cotidiano da educação publica brasileira.

Jucineide Fernandes – Secretária Executiva do Ensino Médio e Profissional

A Secretária Executiva do Ensino Médio e Profissional da Secretaria de Educação do Ceará (SEDUC), Jucineide Fernandes, parabenizou a iniciativa da Assembleia Legisaltiva em realizar o debate, e anunciou que aguarda definição do Ministério da Educação (MEC) para iniciar os encontros a nivel estadual para discutir o tema.

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Leia também

Fale com a redação